Manual de limpeza

Preparamos para você um pequeno manual com dicas de conservação de suas esquadrias em alumínio.

Como devo limpar minha esquadria?

A limpeza das esquadrias, como um todo, incluindo guarnições de borrachas, escovas e vidros, devera ser feita com uma solução de água e detergente neutro, a 5%, com auxílio de esponja ou panos macio nos seguintes intervalos de tempo:

• No mínimo, a cada 12 meses em zona urbana e rural.
• No mínimo a cada três meses em zona marítima ou industrial.

As janelas e portas de correr exigem que seus trilhos inferiores sejam constantemente limpos, para se evitar o acúmulo de poeira, que com o passar do tempo, vão se compactando pela ação de abrir e fechar, transformando-se em crostas de difícil remoção, ao mesmo tempo em que compromete o desempenho dos rolamentos exigindo sua troca precoce.

Posso limpar com a ajuda de objetos e utilizar vaselina, removedor, tíner e outros produtos?

Você NÃO deve usar, em hipótese alguma, objetos cortantes ou perfurantes para auxiliar na limpeza de “cantinhos“ de difícil acesso. Também NÃO deve utilizar detergentes que contenham saponáceos em sua fórmula, esponjas de aço de qualquer espécie, produtos ácidos ou alcalinos, produtos derivados de petróleo (vaselina, removedor, tíner, etc).

O uso de tais produtos, num primeiro instante, pode deixar a superfície mais brilhante e bonita. Porém, em sua fórmula existem componentes que vão atrair partículas de poeira que agirão como abrasivo, reduzindo a vida do acabamento superficial do alumínio. De outro lado, os produtos derivados de petróleo, podem ressecar plásticos e borrachas, fazendo com que percam sua ação vedadora.

Posso usar lubrificante?

Todas as articulações e roldanas trabalham sobre uma camada de náilon auto-lubrificante, razão porque dispensam qualquer tipo de graxa ou óleo. Estes produtos não devem ser aplicados às esquadrias, pois em sua composição poderá haver a presença de ácidos e outros aditivos não compatíveis com os materiais usados na fabricação das esquadrias.

Vou pintar meu imóvel, como devo proteger minha esquadria?

Antes de executar qualquer tipo de pintura, seja com utilização de tinta a óleo, látex ou cal, tomar o devido cuidado de proteger as esquadrias com fitas de PVC. Evite a utilização de fitas tipo “crepe”. Esta fita costuma manchar a esquadria quando em contato prolongado.

Ao terminar a pintura, remover a fita protetora imediatamente. Na composição da cola da fita existem ácidos e produtos agressivos que em contato prolongado com as esquadrias podem danificá-las.

Caso haja contato da tinta com a esquadria, limpar imediatamente, enquanto fresca, com pano seco e em seguida com pano umedecido em solução de água e detergente neutro.

Aconteceu um acidente com minha esquadria, e agora?

Se sua esquadria sofreu um risco na pintura eletrostática, utilize cera automotiva. Caso o risco seja muito forte utilize massa de polir automotiva nº. 1 ou 2. Após sua aplicação, a pintura irá perder um pouco de brilho, que será recuperado com o uso posterior de cera automotiva.

Para remover marcas de peças que sofreram uma batida forte, utilizar lixa nº. 300 ou 400. Após lixar, limpe com um pano umedecido em álcool e em seguida aplique a tinta líquido retoque poliuretano dois componentes ou alquídica modificada. Caso o problema não seja solucionado solicite a troca do perfil danificado.

Em caso de dúvida, antes de utilizar qualquer produto que possa por em risco a beleza e funcionamento de suas portas e janelas, consulte-nos.

 
Voltar